o Centro
Comissão de Aconselhamento
Membros
Projectos
Publicações
Conferências e Seminários
Cursos Avançados
Destaques
Grupos de Investigação
Relatórios Cientificos Anuais
Projecto Estratégico
Regulamento Interno
contactos

 
World of Statistics  
   
 

Luzia Augusta Pires Gonçalves
Doutoramento em Estatística Experimental e Análise de Dados (Universidade de Lisboa)

Prof. Auxiliar
Unidade de Saúde Pública Internacional e Bioestatística
Instituto de Higiene e Medicina Tropical -UNL
Rua da Junqueira, 100
P-1349-008 Lisboa, Portugal

  • Gabinete: 0.53
  • Telefone (directo): +351 21 365 26 62
  • Telefone (secretaria): : +351 21 365 26 00
  • FAX: +351 21 363 05 21
  • e-mail: luziag@ihmt.unl.pt

Luzia Augusta Pires Gonçalves
Educação:
  • Doutoramento em Estatística e Investigação Operacional, especialidade de Estatística Experimental e Análise de Dados, Universidade de Lisboa, 2004.
  • Mestrado em Probabilidades e Estatística, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, 1997.
  • Licenciatura em Probabilidades e Estatística, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, 1993.
Investigação: Assuntos de interesse:
  • Estatística em Ciências Biomédicas
  • Estatística Bayesiana em Biologia Molecular e Genética
  • Bioestatística e Epidemiologia
  • Modelos de Classes Latentes em Saúde
Outras actividades Profissionais:
  • Coordenadora do 3º Ciclo em Saúde Internacional no IHMT-UNL, 2010 a 2015.
  • Directora da Unidade de Epidemiologia e Bioestatística, Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT), 2005 a 2010.
  • Investigadora principal dos projectos LatenTrop (2008-2012) e UPHI-STAT (2012-2015), financiados pela FCT.
  • Professora Auxiliar no Instituto de Higiene e Medicina Tropical, desde 2004.
  • Professora Auxiliar Convidada no Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação (ISEGI), 2005-2006.
Disciplinas leccionadas:
  • Bioestatística II (4 ECTS) no 3º ciclo em Saúde Internacional, desde 2010.
    Análise Multivariada de Dados (4 ECTS) na pós-graduação em Estatística Aplicada à Saúde, desde 2015.
  • Estatística (5 ECTS) mo Mestrado em Saúde e Desenvolvimento no IHMT, desde 2015.
    Bioestatística (2 ECTS e 4 ECTS) nos Mestrados de Saúde e Desenvolvimento, Parasitologia Médica e Ciências Biomédicas no IHMT.
  • Teoria e Métodos em Epidemiologia e Bioestatística (2 ECTS) no Mestrado de Microbiologia Médica e 3º Ciclo em Ciências Biomédicas no IHMT
  • Epidemiologia Molecular no Mestrado de Ciências Biomédicas no IHMT (2010-2011)
  • Estatística Matemática II, licenciatura de Estatística e Gestão de Informação no ISEGI (2005/2006)
  • Matemática para as Ciências Humans, Estatística I, Estatística II e Estatística III nas licenciaturas de Psicologia e Desenvolvimento Comunitário e Saúde Mental no ISPA (1994-2000)
Publicações mais recentes:
  • Matos, I.C, Russo, G. & Gonçalves, L. (2017). Shifting determinants of health inequalities in unstable times: Portugal as a case study. European Journal of Public Health, ckx080. https://doi.org/10.1093/eurpub/ckx080

     
  • Russo, G., Pires, C., Prelman, J., Gonçalves, L., Barros, P.P. (2017). Exploring public sector physicians’ resilience, reactions and coping strategies in times of economic crisis; findings from a survey in Portugal’s capital city area. BMC Health Services Research; 17:207. doi: 10.1186/s12913-017-2151-1.
    https://bmchealthservres.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12913-017-2151-1

     
  • Rego, I. Russo, G., Gonçalves, L., Prelman, J., Barros, P.P. (2017) Economic crisis and Portuguese National Health Service Physicians: findings from descriptive study of their perceptions and reactions from health care units in the Greater Lisbon area. Acta Med Port; 30(4):263-272
    http://www.actamedicaportuguesa.com/revista/index.php/amp/article/view/7690

     
  • Craveiro, I., Alves, D., Amado, M., Santos, Z., Fortes, A., Delgado, A., Correia, A., Gonçalves, L.. (2016) Determinants, health problems and food insecurity in urban areas of the largest city in Cape Verde. (2016). International Journal of Environmental Research and Public Health; 13 (1155):1-14 doi:10.3390/ijerph13111155
     
  • Gonçalves, L., Santos, Z., Amado, M., Alves, D., Simões, R., Delgado, A., Correia, A., Velez Lapão, L., Cabral, J., Craveiro, I. (2015) Urban Planning and Health Inequities: looking in a small-scale in a City of Cape Verde. PLoS ONE 10(11): e0142955. doi:10.1371/journal.pone.0142955.
     
Outras Publicações relevantes:
  • Subtil, A., Oliveira, M.R., Gonçalves L (2012) Conditional dependence diagnostic in the latent class model: A simulation study. Statistics and Probability Letters 82, 1407-1412.
     
  • Gonçalves, L., Oliveira, M.R., Pascoal, C., Pires, A. (2012) Sample size for estimating a binomial proportion: comparison of different methods. Journal of Applied Statistics: 1-21. iFirst.
     
  • Gonçalves, L., Subtil, A., Oliveira, M.R., Rosário, V., Lee, P.-W., Shaio, M.S. (2012) Bayesian Latent Class Models in Malaria Diagnosis. PLoS ONE 7(7): e40633. doi:10.1371/journal.pone.0040633
     
  • Gonçalves, L. and Amaral-Turkman, M.A. (2008). Triangular and Trapezoidal Distributions: Applications in the Genome Analysis. Journal of Statistical Theory and Practice, 2, nº1 , 45-54
     
  • Gonçalves, L.; Zé-Zé, L.; Pinheiro, H.P.; Amaral-Turkman, M.A. (2005) Statistical Aspects in Physical Mapping - Application to the genome of O. oeni strain GM. Biometrics, 61, p.481-487.
     

 

     
 
 inicial  |  contactos
© 2006-2018 CEAUL 
Todos os direitos reservados.